EPD, HPD, e C2C:  Uma Observação Mais Profunda na Interface e no LEED v4

A nova e melhorada versão LEED (LEED v4) será lançada este novembro, e é possível que cause uma nova onda de perguntas sobre por qué não temos buscando a certificação Cradle to Cradle (C2C) para nossos produtos. A certificação C2C aparece como um caminho para alcançar dois dos novos créditos de Materiais e Recursos (M) do LEED v4, mas não é a única forma de alcançar estes créditos (ver tabela abaixo). Os produtos Interface poderão contribuir com este créditos (e outros) com nosso foco na Transparência e Desempenho Ambiental utilizados, DAPs (Declarações Ambientais de Produto ou EPD em inglês) e DSP (Declaração de Saúde do Produto ou HPS em inglês). O C2C está sendo promovido de forma ativa por alguns como uma forma para aqueles fabricantes que não estão prontos para uma transparência completa possam cumprir com os requisitos de créditos LEED v4. Enquanto sempre existe uma oportunidade para melhorar nossos esforços para sermos totalmente transparentes, a Interface acredita que o escrutino de mercado dos ingredientes e impactos potenciais do ciclo de vida dos nossos produtos baixo os DAPs e DSPs, oferecem respectivamente um foco muito mais transparente que a obtenção da certificação C2C.

Discutir e continuar a ler sobre este blog